Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sereia Louca

Sereia Louca

17
Jun19

A cada ruga que nos nasce

Miss X

A cada ruga que nos nasce, o mundo muda.

Cada socalco que o tempo nos erode na pele, mais distante o mundo que achávamos conhecer.

Mas o mundo não mudou, pois não?

Foi ele que nos mudou.

Contou-nos cada centímetro e subtraiu-nos em resto.  

E achávamos nós que o conhecíamos.

Nunca o conheceremos.

Ao envelhecer de socalco em socalco em direcção ao rio do esquecimento, é melhor ter cuidado.

Não vá cometermos este indigno sacrilégio de o querer mudar.

Ao mundo.

17
Jun19

Importa pouco o que o mundo quer que sejas

Miss X

Deixa-te vestir de escuridão apenas para fora e ninguém verá que brilhas, podes tudo, pensa devagar, pensa depressa.

 

Faz por dentro e mantém os gestos banais que te garantem o lugar no grupo, na dinâmica de grupo que brada pelo direito à diferença, mas que não tolera o que é impossível de descodificar.

 

Constrói em ti sem ninguém ver.

Aprende o sabor das palavras, uma a uma, cada letra com o seu sabor e, antes de dizeres em concordância com o mundo o que é suposto, ou apenas político e correto, invade-te com a verdade que ninguém entenderá.

 

Importa pouco o que o mundo quer que sejas, sê para ti e tudo se tornará mais fácil.

Brilha por dentro. Cá fora faz frio. Acredita em mim.

 

Patrícia Reis

@ delitodeopiniao.blogs.sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Criaturas marinhas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D