Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sereia Louca

Sereia Louca

06
Abr18

É sempre estranho reler o que escrevo

miss X

Resultado de imagem para writing

Papelinhos esvoaçam à minha volta, cheios de pensamentos apressados, rabiscados pela inspiração ou pela ausência dela, para mais tarde os escrever sem pressa.

São tantos que não sei por onde começar. Muitas vezes, de olhos vendados, escolho um pensamento ao acaso e desenlaço-o, desenredando a ideia, o sentido, a intenção do que queria efectivamente escrever.

Uma palavra rabiscada transforma-se em 50 mais e outros tantos rabiscos são reduzidos, muitas vezes, apenas a uma frase.

É sempre estranho reler o que escrevo.

As palavras empoeiradas e amarelecidas pelo tempo que passa são as mais estranhas, quando relidas pela pessoa do outro lado do firmamento, que já não é quem foi. 

Criaturas marinhas

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D