Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sereia Louca

Sereia Louca

14
Mar18

Enquanto o tempo nos aponta o dedo

miss X

Aos 40 não sinto nenhuma crise a abater-se sobre mim.

Não tenho dúvidas metafísicas, não quero ser mais nova, não quero começar do zero, não quero abandonar o que vivi ou quem sou para abraçar um novo eu.

Em todas as décadas de vida questionei a existência e, ao fazê-lo, o tédio, a alienação e a vacuidade nunca entraram em desacordo.

O que sinto aos 40, que não senti nas outras décadas, é que o tempo diminui drasticamente o prazo para tudo aquilo que ainda quero fazer.

Enquanto o tempo nos aponta o dedo, e considerando a tempestade de variáveis e acasos que a vida nos faz trovejar à porta, e sobre os quais não temos controlo, resta-nos duas escolhas:

🕶 viver a vida ao máximo a toda a pressa, sem pensar muito nas consequências;

🔅ou viver a vida devagar, mas seleccionando de forma crítica tudo aquilo que queres viver.

Criaturas marinhas

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D